Celulite Infecciosa

Nesta página vamos explicar o que é a celulite infecciosa, mas é importante que você saiba a diferença entre celulite comum e celulite infecciosa para não confundir uma com a outra:

A celulite comum ou lipodistrofia ginóide caracteriza-se pelo famoso aspecto de casca de laranja e afeta a região do tecido adiposo, localizado abaixo da derme.

A celulite infecciosa ou celulite bacteriana é uma doença grave que atinge as mais profundas camadas da pele, tornando-a vermelha, inchada e dolorida.

 

A celulite infecciosa é causada por bactérias como Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes, que se aproveitam de feridas, frieira e até mesmo acne para entrar no organismo e contaminá-lo. A contaminação geralmente afeta a região das pernas ou da face.

 

Sintomas

  • Febre
  • Vermelhidão no local afetado
  • Dor no local afetado
  • Inflamação das ínguas próximas a região afetada
  • Inchaço no local afetado
  • Dor de cabeça
  • Calafrios

 

Tratamento

O tratamento da doença é feito através do uso de antibióticos, que são administrados de acordo com o agente causador da doença. Os principais são:

 

Agente: bactéria do tipo Staphylococcus aureus / estafilococos aureus

Antibiótico: Dicloxacilina (geralmente), oxacilina (em casos graves) ou nafcilina (em casos graves).

 

Agente: bactéria do tipo Streptococcus pyogenes / estreptococos pyogenes

Antibiótico: Penicilina via oral (geralmente) ou penicilina por via endovenosa com clindamicina (casos graves).

Para pacientes com alergia a penicilina orienta-se o uso de eritromicina (casos leves) e clindamicina (casos graves).

 

Para diminuir o desconforto causado pelos sintomas é feita a imobilização do local afetado para reduzir o edema. Também aplica-se curativos frios e úmidos como auxílio ao tratamento.

 

<< Voltar à página principal do Tratamento para celulite